22/11/2017 11h24 | Por: Natália Souza

O homem e a Rua Sá e Albuquerque

​Antonio Coelho de Sá e Albuquerque era pernambucano e foi um dos presidentes da província alagoana.

Texto de: ALmanaque 200 - Outubro
0169 Rua Sa E Albuquerque  Vendedor De Mel
0169 Rua Sa E Albuquerque Vendedor De Mel

Antonio Coelho de Sá e Albuquerque nasceu em 18 de outubro de 1821, no Engenho Guararapes, em Muribeca (PE). 

Formado em Direito em 1842, teve uma atuação política destacada em seu estado, Pernambuco. Foi senador, deputado-geral e diretor da instrução pública.

25º presidente da Província das Alagoas, nomeado em 1854, permaneceu no cargo até abril de 1857, quando foi afastado para desempenhar funções na Assembleia Geral. Nesse período, foi substituído pelo vice, Roberto Calheiros de Melo.

CONSTRUÇÃO DO LEPROSÁRIO 

Durante sua gestão, Alagoas foi atacado pelo vírus do cholera morbus, que chegou à Província por Piaçabuçu e logo se espalhou. Para combater a epidemia, Sá e Albuquerque construiu na Praia do Francês, na época local afastado da área urbana, um leprosário, cujas ruínas continuam de pé. Também foi responsável pela expansão do calçamento das ruas do Centro de Maceió.

Leia mais no ALmanaque 200 de outubro: http://bit.ly/AlmanaqueOutubro